Postagens

Artigo de Joselito dos Reis contra o desmandamento

Imagem
  Editorial Somos os culpados... Rio Cachoeira, cortando Itabuna, rumo a Ilhéus Meado do século passado surgia o maior povoado do mundo “64”! Povoado esse pertencente aos municípios de Porto Seguro e Santa Cruz de Cabrália, que teve um crescimento avassalador onde a economia maior era o comércio da madeira de lei. Tornou-se um polo madeireiro da Mata Atlântica. Com isso atraiu gente de todas as paragens do Brasil, notadamente os capixabas, do Pará e cidades do sul da Bahia, como Itabuna, Ilhéus, Buerarema, Camacan etc.  Na época ainda não contava com a BR-101, que chegou através do Governo Militar nos anos 70. O comércio da madeira evoluiu tanto que, praticamente, todos os remanescentes da Mata Atlântica, ao longo desses municípios foram destruídos para a venda de madeira. Chamado de “madeiras de lei”. Daí partindo, para todo o estremo-sul da Bahia, quando as derrubadas das árvores fizeram surgir, também, as localidades de Itabela, Itamaraju, Teixeira de Fretas e outras., hoje grandes

Perfuração levou à tragédia em Brumadinho, diz universidade catalã

Imagem
  Pago pela Vale, estudo foi divulgado pelo Ministério Público Federal Do - Diário do Poder - O relatório final de um estudo conduzido pela Universidade Politécnica da Catalunha, divulgado hoje (4) pelo Ministério Público Federal (MPF), associa uma perfuração em um ponto crítico da barragem da Mina Córrego do Feijão à tragédia ocorrida em 25 de janeiro de 2019 na cidade de Brumadinho, em Minas Gerais. O procedimento, que estava sendo realizado no momento da ruptura, é considerado o potencial gatilho da liquefação, processo em que os sedimentos sólidos passam a se comportar como fluídos e sobrecarregam a estrutura. Com sede em Barcelona, na Espanha, a Universidade Politécnica da Catalunha realizou um trabalho de modelagem e simulação por computador para identificar as causas do rompimento da barragem, que deixou 270 mortos e provocou degradação ambiental em diversos municípios mineiros. A instituição foi escolhida pelo MPF com base em sua  expertise , e o estudo foi custeado pela Vale,

O sucesso de um artista grapiúna

Imagem
  Carlos Santal de Portugal para Itabuna   (Em dezembro vem lançar o seu mais novo CD) Nascido no Bairro Mangabinha, portanto itabunense, “da gema do ovo” e nunca esquecendo às suas raízes, o famoso artista plástico, professor de artes, além de compositor, interprete, ator e cantor, Carlos Santal, completando 15 anos, no exterior, em Portugal, deverá estar chegando a esta cidade, no próximo mês de dezembro. Santal, que já vem fazendo sucesso nas artes plásticas e musical, no novo país, que ele escolheu para desenvolver os seus projetos, nos informou que o seu retorno a Itabuna, tem o objetivo de rever parentes, amigos e, principalmente, lançar o seu mais novo projeto musical; um novo CD, com várias músicas de sua autoria, “composições essas cheias de poesia. Esse nosso novo trabalho, conta com vários ritmos... (Forró, Axé, Bolero, Samba, reger etc.), e o consideramos, uma verdadeira salada de frutas! Sou suspeito em dizer, mas acredito que seja o meu melhor disco. Por isso acreditamos

Um poema inédito de Joselito dos Reis - ITABUNA

(A súplica de um poeta!) Aqui, vivo, vivi... Nunca te abandonei Estudei, trabalhei Cresci, lutei... Sorri, chorei... Como uma flor Com dignidade te amei No teu Rio De águas cristalinas Me banhei... Do Mangabinha ao Cajueiro Brinquei... Do Fuminho ao Borboleta... Corri, andei... Nunca me esmoreci! A cidade vi crescer Desenvolver Minhas lembranças Nunca esqueci... No cantar das graúnas, Juparás, Juritis e bem-te-vis Me encantei.. O tempo passou Não me esmoreci... Como o vento minha idade Chegou! Mas a minha luta E história, não parou! No meio do caminho Uma barreira encontrou... Foi presa no baú da ignorância De quem poderia Fazer a nossa história... e não fez... E assim como nasci Chorando por ti Parti... Joselito dos Reis 04.10.2021

Do outro lado... Um poema recente de Zé Marques

Imagem
Do outro lado... O outro lado do muro, é terra que não conheço, não rezo não faço prece,não compro sem olhar o preço. Onde o começo é o fim, e se veste pelo avesso Quem quer muito trás de casa. Quem não chora não tem doce. Um quilo não tem mil grama, mula manca não dar coice. Fumaça é telegrama. Quizumba é briga de foice. Pimenta refresca os olhos. Se for num olho de água. Como é bom se ter um ombro, para chorar suas mágoas. Chegar no final do mês. Ver suas contas pagas. As coisas inesperadas, sempre aparece do nada. Chega sem avisar. As vezes trás alegrias, as vezes trazem tristezas, nunca se está preparado, para essas Taís surpresas. São as cartas do destino, colocadas sobre a mesa A dúvida do morde e assopra. É um fiel de balança. A mão que afaga e alisa, é a mesma que atira a lança. São os falso bajuladores. Compra amores com flores. E toca a música, e não dança!! Autor José Marques Escrito em 26/09/2021.

CALENDÁRIO POÉTICO ARTESANAL LANÇADO NA AABB ITABUNA

Imagem
Dentro de instantes começa a solenidade, que tem como mestre dee cerimonia o poeta, ator e professor, Jailton Alves 

Sexta-feira de literatura e poesia na AABB em Itabuna

Imagem
(O Clube do Poeta Sul da Bahia pretende realizar nesta sexta-feira,3, um dos seus maiores eventos de literatura em Itabuna) Jailton Alves, ex- diretor e sócio-fun dador, tem tudo  para ser um ótimo presidente . Nesta sexta-feira (03/09), às 15h, o Clube do Poeta Sul da Bahia que já completou 28 de existência, sempre defendendo e resgatando a poesia vai lançar o Segundo Calendário Poético Artesanal, com a participação de 78 poetas e escritores. De Eunápolis participam Neci Silva e Rose Marie Galvão que se juntam a vários nomes da poesia do sul e extremo sul da Bahia. O projeto é uma iniciativa da presidente da entidade, atriz e poetisa, Sônia Amorim, em seu segundo ano de gestão frente a presidência da entidade.   Adeildo e Clovisnaldo Argolo deverão estar presentes, ex-presi dentes e conselheiros do Clube O evento que acontecerá, na Associação Atlética Banco do Brasil-AABB, no Bairro São Judas Tadeu, em Itabuna. Na animação contará com shows de voz e violão dos artistas: Carlos Santana