segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

MORRE RAMON VANE

Buerarema decreta luto oficial de três dias pela morte do ator e poeta Ramon Vane

O ator Ramon Vane, filho da cidade de Buerarema, Sul da Bahia que completaria 58 anos amanhã 17, morreu na madrugada deste domingo (15), após ser internado semana passada no Hospital de Base em Itabuna. O ator foi vítima de um AVC.  Ramon Vane, poeta, ator e advogado, era um dos atores mais ilustres desta terra, representava como poucos a arte do artista baiano.
Em outubro de 2011, ele foi premiado pela interpretação no longa-metragem “O homem que não dormia”. 
Vane, que era sócio do Clube do Poeta sul da Bahia,  interpretou o personagem Pra Frente Brasil, no filme de Edgar Navarro. A película, que foi rodada em Igatú, na Chapada Diamantina, conta a história de cinco pessoas que, numa mesma noite, sofrem com o mesmo pesadelo. O filme fala de um homem sinistro e a procura por um tesouro (imaginário) como desencadeadores da história.

Ramon Vane é de uma grande descendência de atores  dos anos 70, que surgiu ao lado de Gal macuco, Zé Delmo, Zé Henrique, Aldo Bastos, Jackson Costa, Alba Cristina, Carlos Betão, Marcos Cristiano e muitos outros. Foram revolucionários  do tetro regional e criaram e integraram  o “Grupo Macuco”, “Grupo Encena”. Muitos deles ganhando outras fronteiras, a nível regional, nacional e internacional.   

O enterro do seu corpo aconteceu no cemitério municipal de Buerarema, às 15h, de hoje. O prefeito do município Vinicius Ibrann decretou luto oficial de 3 dias.

NOTA DE PESAR - RAMON VANE

ON .

11096387 861987600514694 1201357032091673113 o
O ator Ramon Vane no backstage da Paixão de Cristo em 2015, rodeado por outros colegas de elenco. (Arquivo ASCOM FICC).
É com grande pesar que a Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC) registra o falecimento do ator, poeta e advogado Ramon Vane. Premiado como melhor ator coadjuvante no 44º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro pela interpretação do personagem “Pra frente Brasil” no filme “O homem que não dormia”, de Edgard Navarro, teve passagem pela FICC onde interpretou o rei Herodes no espetáculo “Paixão de Cristo”. Seu desaparecimento causou grande consternação à classe artística e a FICC expressa seus maiores sentimentos ao seu grande número de amigos, admiradores e familiares. 
Itabuna, 16 de janeiro de 2016.
DANIEL GARCIA MORENO DE SOUZA LEÃO
Diretor Presidente

_________________________________________________________________

NOTA DE PESAR - LITZA MARY MODESTO CÂMERA

ON .
É com grande pesar que a Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC) registra o falecimento da professora Litza Mary Modesto Câmera, pedagoga, professora de História, Francês e Didática, uma das fundadoras da Faculdade de Filosofia de Itabuna (FAFI), da Federação das Escolas Superiores de Ilhéus e Itabuna (FESPI) e uma das grandes entusiastas da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). Como educadora, passou por escolas em Itabuna como o Colégio Divina Providência, o Colégio Estadual de Itabuna (onde também foi diretora) e o Colégio Cenecista Firmino Alves. Natural de Itapé, a professora Litza escolheu a cidade de Itabuna para morar. Tinha 94 anos e deixa 3 filhos (Paulo, Thales e Cristina), além de netos e bisnetos. Seu desaparecimento causou grande consternação, especialmente entre profissionais do magistério, e a FICC expressa seus maiores sentimentos ao seu grande número de amigos, admiradores e familiares. 
Itabuna, 16 de janeiro de 2017.
DANIEL GARCIA MORENO DE SOUZA LEÃO
Diretor Presidente.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

PREMIO CAYMMI

Prêmio Caymmi de Música divulga lista de habilitados
Número de inscrições supera edição anterior em todas as categorias

Com um total de 456 propostas inscritas, o Prêmio Caymmi de Música - 2ª edição supera os números da edição anterior, quando foram registradas 298 inscrições. Após passar por um processo de triagem técnica para análise dos materiais enviados, o Prêmio já tem disponível a lista dos candidatos habilitados nas suas quatro categorias: Música com Letra, Música Instrumental, Show e Videoclipe. Esse resultado pode ser conferido através do portal www.premiocaymmi.com.br

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Itacaré mantém a cultura popular com o Bicho Caçador e o Terno de Reis

Resultado de imagem para itacaré praias
Valorizar a cultura, a tradição e as manifestações populares. Esse é um dos compromissos assumidos pelo prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, como forma de preservar a história e a tradição da cidade. E no último final de semana Itacaré estava em festa comemorando a tradicional folia de Reis, que é marcada na cidade por manifestações culturais como o Bicho Caçador e o Terno de Reis.

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Aberta exposição do artista Clóvis Loureiro na Galeria do Teatro de Ilhéus

COMPAREÇA!


Uma das atrações culturais da temporada de verão, em Ilhéus, é a exposição do artista plástico Clóvis Loureiro, aberta à visitação pública na Galeria do Teatro Municipal de Ilhéus, até o próximo dia 31 de janeiro. A vernissage aconteceu na manhã de segunda-feira, dia 02, com a participação do secretário municipal de Turismo, Roberto Lobão, que responde interinamente pela pasta da Cultura.

Clóvis Loureiro apresenta diversos quadros com trabalhos de pintura em nanquim. Atualmente, o artista também expõe suas obras no Japão e na Alemanha, e já está convidado para mostrá-las em Nova Iorque, ainda este ano, ao lado do renomado artista plástico Romero de Brito.

A exposição de telas em nanquim de Loureiro abre a temporada da Galeria do Teatro Municipal de Ilhéus e serve como opção cultural para a população local e milhares de turistas que visitam a cidade nessa estação. Os interessados podem visitar a Galeria de segunda-feira a domingo, das 09 às 19 horas.


terça-feira, 3 de janeiro de 2017

CARNAVAL CULTURAL DE ITABUNA


C O N VI T E 

A Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania 
(FICC) está convidando proprietários de bandas e/ou representantes exclusivos para apresentarem propostas para atuarem no  CARNAVAL CULTURAL 2017, que será realizado nos dias 10, 11 e 12 de fevereiro. 

As propostas devem ser encaminhadas à sede da FICC na Praça Laura Conceição, 339 (Centro) a partir do dia  09 até o dia 16 de janeiro,  das 9hs as 12hs.

DANIEL GARCIA MORENO LEÃO
Diretor Presidente

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

LEI INSTITUI DIA MUNICIPAL DA POESIA EM ITABUNA

ON .

TEXTO: SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO (SECOM | PREFEITURA DE ITABUNA).
Lei municipal prevê a realização anual do  evento "Pomar com Poesia", todo dia 27 de julho, no Centro da cidade. 
cafepomar
A FICC terá a prerrogativa de apoiar o Dia da Poesia no Café Pomar, um dos locais históricos de encontros de artistas, poetas e intelectuais. - Foto: Google Earth.
A partir do ano que vem o dia 27 de Julho terá um sabor especial para os itabunenses. Isto porque foi sancionada pelo prefeito de Itabuna, Claudevane Leite, a Lei Municipal nº 2.369, de 8 de dezembro de 2016, cujo projeto é de autoria do vereador Joilson Rosa, que instituiu a data como Dia Municipal da Poesia, em uma homenagem a Carlos Drummond de Andrade e aos poetas itabunenses. A lei se refere ainda à celebração da data que será denominada "Pomar com Poesia", cujos festejos e comemorações deverão ocorrer sempre nas proximidades do Café do Pomar, na Rua Osvaldo Cruz, Centro. A estrutura da celebração será montada pela Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC) e pelo Clube do Poeta garantindo programação cultural e de lazer para a população.
ERIC THADEU NASCIMENTO SOUZA
Assessor de Marketing Cultural
FICC - Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania
Email: ericthadeu@hotmail.com
Contato: (73) 98809 3838 ou 99141 5086

Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC). 
Assessoria de Comunicação (ASCOM).
www.ficc.com.br
Praça Laura Conceição, 339 - Centro - 45600-116 - Itabuna / BA.
Fone: (73) 3613 4915.
Redes Sociais: Facebook / Twitter / You Tube 

RECUPERAÇÃO DA MATA ATLÂNTICA EM LIVRO

ALTERNATIVAS PARA A RECUPERAÇÃO DA MATA ATLÂNTICA EM LIVRO DA EDITUS

Após o descobrimento do Brasil, o país passou por diferentes ciclos econômicos (pau-brasil, cana-de-açúcar, café e pecuária), todos concentrados na faixa litorânea da floresta atlântica. Essa concentração resultou no desmatamento desenfreado desse ecossistema, tendo como justificativa o avanço da economia brasileira e a expansão urbana.
Nesses últimos anos, a destruição ambiental tem se agravado e aberto discussões a nível político, econômico, jurídico e social sobre o futuro da floresta atlântica.  Em virtude disso, o professor Danilo Sette, autor do livro Recuperação Ambiental da Mata Atlântica, publicado pela Editus – Editora da UESC, apresenta propostas que buscam sanar e/ou equilibrar os danos causados pela ação do homem.