segunda-feira, 20 de março de 2017

Ilhéus vai cadastrar artistas, grupos e espaços culturais do município

e espaços culturais do município

A secretaria municipal de Cultura (Secult) inicia, a partir desta quinta-feira, 23, o cadastramento de artistas, grupos e espaços culturais de Ilhéus para inscrever no Cad Cultura. O objetivo é mapear os fazedores de cultura e os locais onde as atividades artísticas acontecem. Podem se cadastrar, através do  www.nossaculturailheus.blogspot.com, no link Cad Cultura, atores, dançarinos, escritores, poetas, cordelistas, indígenas, artistas de circo, produtores culturais, cantores, compositores e os demais agentes culturais.

quinta-feira, 16 de março de 2017

Empossada nova diretoria da Academia de Letras de Ilhéus



O escritor e professor André Rosa Ribeiro foi empossado no cargo de presidente da Academia de Letras de Ilhéus, ao lado dos membros da nova diretoria, durante solenidade realizada na noite desta terça-feira, 14, para o biênio 2017-2018. O ato contou com a presença do vice prefeito de Ilhéus, José Nazal, que representou o prefeito Mário Alexandre, o ex-presidente da Academia, Josevandro Nascimento, o pró-reitor de Extensão da UESC, Alessandro Santana, a presidente da Academia de Letras da Bahia, Evelina Hoisel (palestrante da noite), o vereador Makrise Angeli, entre outras autoridades.

quarta-feira, 15 de março de 2017

Cabaceiras do Paraguaçu comemora os 170 anos de aniversário do poeta Castro Alves

Do - www.cultura.ba.gov.br 


Cabaceiras do Paraguaçu comemora os 170 anos de aniversário do poeta Castro Alves

Cabaceiras do Paraguaçu comemora os 170 anos de aniversário do poeta Castro Alves
Foto: Lázaro Menezes 

No próximo dia 14 de março, o município de Cabaceiras do Paraguaçu, no Recôncavo baiano, comemora os 170 Anos de Aniversário de Nascimento do Poeta Castro Alves. As comemorações se concentram no Parque Histórico Castro Alves (PHCA), localizado na Fazenda Cabaceiras, local onde nasceu o poeta. No local será realizada uma série de atividades nos dias 11 e 14 de março, a exemplo da 16ª edição do Festival de Declamação de Poemas de Antônio de Castro Alves, do 3º Festival Infantil de Declamação de Poemas de Castro Alves.

O evento é uma iniciativa da Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (DIMUS/IPAC) - já é tradição na cidade e reúne pessoas de diversas regiões e de todas as idades que prestam homenagem ao grande poeta baiano, autor de Espumas Flutuantes, Vozes D’África e O Navio Negreiro. A diretora da DIMUS, Fátima Santos, explica que o festival foi criado para homenagear o poeta Castro Alves e incentivar a juventude a usar a poesia para manifestar seus sentimentos. “Os poemas do grande poeta expressam o seu romantismo, o seu amor à pátria, além do intenso sentimento libertário”, acrescenta.

A coordenadora do PHCA, Diogenisa Oliva acrescenta que, além de toda a programação especial, o público pode aproveitar para conhecer o museu que conta a história de Castro Alves e que vem realizando atividades em sintonia com os ideais do poeta. “O público pode usufruir dos projetos socioeducativos permanentes do Parque e ainda de projetos, como uma típica casa de farinha nordestina que foi construída no local e agora da nova exposição de vaqueiros, que dialogam com este ideal e de valorização da comunidade”, explica.
Os concursos acontecem em 11/03, sendo o infantil às 10h e o adulto às 13h. No festival, os jurados analisam: originalidade (criatividade utilizada para a apresentação do poema), dicção (clareza das palavras pronunciadas na declamação), fluência verbal (correção e a pronúncia das palavras) e fidelidade ao texto (exatidão e o respeito a todos os versos e palavras do poema). Já no dia do nascimento do poeta, terça (14/03) a programação é mais intensa, com as premiações dos concursos (quando os cinco primeiros colocados de cada categoria se apresentam novamente), abertura da exposição ‘Imagens dos Vaqueiros da Bahia’, ferinha com artesanato e comida local e atrações diversas (veja programação completa abaixo).

Programação:

11.03.17 – Sábado
10h - 3º Festival Infantil de Declamação de Poemas de Castro Alves
13h - 16º Festival de Declamação de Poemas de Castro Alves
17h - Apresentação cultural – Priscila Sales

14.03.17 – Terça
5h – Alvorada
8h - Missa Festiva em homenagem ao poeta (Igreja São João Batista)
9h30 - Apresentação dos grupos culturais Boinho de Painho (Cabaceiras do Paraguaçu) e Mascarados de Maragogipe
10h – Abertura da exposição ‘Imagens dos Vaqueiros da Bahia’
10h30 - Sessão Solene em Tributo ao Poeta da Câmara de Vereadores da Cidade de Cabaceiras do Paraguaçu
11h - Premiação dos vencedores do 3º Festival Infantil de Declamação de poemas e do 16º Festival de Declamação de Poemas de Castro Alves
14h – Homenagens ao Poeta – Auditório Pedro Calmon (PHCA)
15h – Apresentação cultural do grupo Samba de Roda de Maragogipe - ASSAMA (com participação dos Mascarados de Maragogipe)
16h - Maratona Castro Alves
20h – Apresentação musical (Praça Castro Alves)

Mostras artísticas e intercâmbio cultural marcaram estreia do FAEG-Sul Itinerante em Itapé



O projeto incentiva o compartilhamento de conhecimentos sobre empreendedorismo, economia criativa e o trabalho em rede entre os agentes culturais, empreendedores e gestores, no Território Litoral Sul.

Artistas locais e dirigentes de municípios da região participaram da abertura do projeto itinerante do Fórum de Agentes, Empreendedores e Gestores Culturais do Território Litoral Sul (FAEG-Sul), na última quinta-feira, 9, em Itapé. O projeto foi recebido com entusiasmo pela população local, que participou das atividades e oficinas de capacitação (Contação de Histórias e Sistema Municipal de Cultural) realizadas no Clube da Melhor Idade e Câmara Municipal de Vereadores.

terça-feira, 14 de março de 2017

VIVA HOJE O DIA DA POESIA

Plante o amor!

                                     
Hoje é o dia da poesia
Chega de maresias (!).
De demagogia...

Pois Castro Alves
Sentiu na sua alma a dor...
Dos escravos, viveu o trauma.
E mesmo assim

Nos contemplou
Com os seus líricos versos
Como se distribuir a flor
E o amor!
 _________________________________________________________________
Para todos que gostam e sabem o significado da poesia...
Num pais do terceiro mundo.


Joselito dos Reis
14.03.2017


sábado, 11 de março de 2017

CLUBE DO POETA SUL DA BAHIA CRIA A “COMENDA POETA TELMO FONTES PADILHA”

  
 
 O Clube do Poeta Sul da Bahia, os membros de sua diretoria e convidados realizaram o primeiro encontro de 2017, na ultima quarta-feira, 8, na residência da sua  vice-presidente, Gloria Brandão, bairro Califórnia, que recepcionou a todos os seus convidados condignamente, dentro de um clima de muita alegre e cordialidade.  

sábado, 4 de março de 2017

Itapé será o primeiro município contemplado pelo Projeto FAEG-Sul Itinerante



Itapé será o primeiro município contemplado pelo
Projeto FAEG-Sul Itinerante no dia 9 de março

O projeto levará as reuniões mensais do fórum para dez municípios do Território Litoral Sul da Bahia, promovendo a integração entre os atores culturais da região.

Itapé receberá a primeira etapa do projeto de integração cultural do Fórum de Agentes, Empreendedores e Gestores Culturais do Território Litoral Sul (FAEG-Sul), no próximo dia 9 de março. A programação começa com encontro entre os membros do fórum e comunidade, às 9 horas, no Clube da Melhor Idade, seguido de palestra sobre empreendedorismo cultural e mostra cultural. Das 13 às 16 horas, acontecem as oficinas de Contação de Histórias, ministrada pela psicopedagoga Mírian Oliveira, no mesmo clube, e de Sistema Municipal de Cultura, dirigida pelo especialista em Gestão Cultural, Pawlo Cidade, na Câmara Municipal. As inscrições para as oficinas estão abertas até 7 de março, na internet, pelo endereçohttp://faegsulba.blogspot.com.br/p/inscricao-oficinas.html


O Projeto FAEG-Sul Itinerante contempla dez municípios do Território Litoral Sul e se estende até dezembro de 2017. A programação inclui oficinas de Literatura de Cordel, Contação de Histórias, Teatro, Música, Audiovisual e de Elaboração de Projetos, além de Roda de Conversa sobre Cidadania Cultural e palestras sobre Sistema Municipal de Cultura, Gestão Cultural e Patrimônio. No decorrer da programação, será realizado também um diagnóstico cultural, para aprofundar e sistematizar os potenciais de cada município, cujo conteúdo final será disponibilizado na internet.

O presidente do FAEG-Sul, Victor Aziz, explica que “o projeto itinerante pretende, por meio das reuniões, compartilhar conhecimentos sobre empreendedorismo, economia criativa e o trabalho em rede, entre os agentes culturais, empreendedores, gestores e todos que fazem cultura nos 26 municípios do Território Litoral Sul." A proponente do projeto, atriz e produtora cultural, Eva Lima, destaca sua importância e abrangência para os artistas da região. “É com honra e alegria que avançamos no formato iniciado em 2009 com a criação do fórum, até então tocado com recursos próprios e agora contemplado por edital do Governo da Bahia. Tenho certeza de que contribuirá para a melhoria das práticas culturais no território” enfatiza.

O projeto é financiado pelo Governo do Estado, (Edital Nº 24/Territórios Culturais), por meio do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia. Com apoio institucional da Prefeitura Municipal de Itapé, Secretaria Municipal de Educação e Diretoria de Cultura, da Associação dos Municípios da Região Cacaueira – Amurc e da Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Estadual de Santa Cruz – Proex/Uesc.

Santa Luzia será o próximo município contemplado pelo projeto, no dia 13 de abril, com a reunião mensal do FAEG-Sul e oficinas de formação artístico-cultural. Em seguida, Itapitanga (11 de maio), Mascote (8 de junho), Almadina (13 de julho), São José da Vitória (10 de agosto), Maraú (14 de setembro), Pau Brasil (19 de outubro), Jussari (9 de novembro) e Itajú do Colônia (14 de dezembro).

Sobre o FAEG-Sul
Criado em 2009, o FAEG-Sul é um espaço para discussão afirmativa das políticas públicas de cultura. Aberto a todos os atores culturais no Território Litoral Sul da Bahia, é formado por instituições culturais públicas e privadas, produtores e grupos independentes ligados às questões específicas de interesse do setor. Funciona como elo de ligação entre produtores e consumidores de cultura no Território Litoral Sul, estimulando o diálogo entre os diversos agentes da cadeia produtiva da cultura.

Sobre os oficineiros
Mírian Oliveira, contadora de histórias infantis e infanto-juvenis, é licenciada em Pedagogia pela Faculdade de Educação Montenegro (2003), especialista em Psicopedagogia (2013) e em Gestão, Supervisão e Orientação Escolar (2010), ambas pela Faculdade Santo Agostinho. Promove trabalhos artísticos e culturais e integra o FAEG-SUL.

Pawlo Cidade é graduado em Pedagogia pela Uesc, pós-graduado em Metodologia da Educação Ambiental e especialista em Gestão Cultural. Contador de Histórias, professor, palestrante, poeta, ator, produtor, funcionário público municipal, autor e diretor de Teatro, com 30 espetáculos montados.

Por -  Vera Rabelo