LIVRO DE POESIA E PENSAMENTOS

AGUARDE, VEM AI O LIVRO: GRITO SEM ECO, DE JOSELITO DOS REIS, FUNDADOR DESTE CLUBE DO POETA SUL DA BAHIA!

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Joselito dos Reis lança o seu primeiro livro


Um grito em busca de um eco que se perdeu nos limites do tempo

Com prefácio do professor Raimundo Osório do Couto Galvão e apresentação do jornalista Nilson Andrade da Silva, ambos já não mais entre nós, o poeta e jornalista Joselito dos Reis lança o seu primeiro livro de pensamentos e poesias, intitulado Grito Sem Eco, programado para o dia 27 deste mês, às 19h, no Centro de Cultura Adonias Filho, em Itabuna.

O livro conta ainda com as participações dos jornalistas: Rosi Barreto, Waldyr Montenegro, Odilon Pinto, Paulo Lima e da professora Zélia Possidônio que também é poeta e atriz, aparecendo com uma reflexão e um grito existencial num mundo perdido pelo individualismo e pelo consumismo.

Com uma tiragem de mil exemplares, numa produção independente, o poeta que esperou 36 anos para lançá-lo, diz que a publicação do livro só foi possível devido a sensibilidade e a colaboração direta do empresário Delson Mesquita, da Editora e Gráfica Mesquita, que ofereceu o apoio decisivo e embarcou de cabeça no projeto editorial, cuidando dos detalhes e da arte final.  

O poeta diz ainda, que o livro tem esse título – Grito Sem Eco, porque no passado cada pessoa no campo ouvia o eco do seu próprio grito transpirando nos vales e montanhas, o que não acontece nos dias de hoje devido a poluição que impregnou nossas ruas ou até mesmo o nosso espaço sideral infestado de gadgets e equipamentos dos mais diversos. 

“Ao leitor, cabe adquirir o livro e descobrir muitos outros conceitos que transcendem aos limites de uma poesia lírica, romântica, social, sempre numa linguagem clara e direta, que perpassa de forma transversal o campo das metáforas, para, com certeza, sensibilizar mais ainda aqueles que buscam a essência das coisas e são sensíveis ao universo que nos cerca”, diz o poeta que espera construir em cada leitor um amigo e um portal para a difusão e troca de ideias sem perder a dimensão maior da poesia que nos une e nos torna humanos e fraternos.  
Por - Kleber Torres

terça-feira, 18 de julho de 2017

Atriz Cacau Protásio estreia comédia no Teatro Municipal

A comédia “Deu a louca na Branca” estará em cartaz de 11 a 13 de agosto, no Teatro Municipal de Ilhéus, protagonizada, pela atriz Cacau Protásio. O espetáculo que retrata as perspectivas, os sonhos e a imaginação de Walt Disney traz narrativa irreverente e descontraída que evoca um dos ícones de referência às experiências lúdicas do universo infantil, conforme diz o ator Cacau Hygino, autor da peça teatral, que tem a direção de Regiana Antonini.

O autor da comédia relata que “a personagem Sebastiana talvez seja daquelas pessoas que vivem no mundo da fantasia. Pelo menos é o que se pode imaginar de alguém que tenta convencer a todos de que é a Branca de Neve, aquela mesma dos filmes de Walt Disney”.
Ainda de acordo com Cacau Hygino, “com repertório de vivências bastante inusitado, Sebastiana narra sua cômica trajetória até o momento em que supostamente foi descoberta por Walt Disney, a quem atribui a responsabilidade por tê-la transformado na personagem mais famosa de todos os tempos. 

Apesar de sua notável fama, porém, ela guarda uma revolta por seu criador; ele é quem teria feito com que o público sempre a visse e a chamasse como branca, embora fosse declaradamente negra”.

FEIRA DE LIVROS



Nos dias 13 e 14 de julho, a Editus - Editora da UESC estará no Shopping Jequitibá!!!
Feira de livros com descontos, pré-lançamento de livro e rodas de conversa com as professoras Flávia Alessandra de Souza e Maria Luiza Santos farão parte da nossa programação!! 


Confira a programação:
Dias 13 e 14/07 - Feira de Livros, no horário de funcionamento do Shopping
Dia 13/07 - 15h -  Roda de Conversa com a Professora e pesquisadora da UESC, Doutora em Sociologia, Flávia Alessandra de Souza, com o tema "Combate à violência contra a mulher"
Dia 14/07 - 15h Roda de Conversa com a Professora e pesquisadora da UESC, Doutora em Ciências Sociais, Maria Luiza Santos, com o tema "Migração e Refugiados"
Dia 14/07 - 16h - Pré-lançamento do livro "Intercambiando com Demetrius e Felipa", autora Maria Luiza Santos

Ilhéus terá representante no IV Encontro de Política e Gestão Culturais da Bahia


O município de Ilhéus participa nos dias 25 e 26 deste mês, do IV Encontro de Política e Gestão Culturais da Bahia, no Centro de Cultura Amélio Amorim, em Feira de Santana. Promovido pela secretaria estadual de Cultura (Secult), por meio da Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura, o encontro tem o objetivo de fortalecer as redes dos agentes culturais existentes na Bahia. e incentivar a criação e a consolidação de órgãos institucionais dos poderes públicos municipal e estadual, além de formar e capacitar gestores.

O encontro é dirigido para dirigentes municipais de cultura, legisladores, conselheiros, gestores sociais e pesquisadores, artistas, produtores e ativistas culturais, estudantes e cidadãos interessados na formulação coletiva de diretrizes, formação em cultura e a articulação em rede. Dentre as novidades está previsto o lançamento do Roda Cultura Bahia que percorrerá os territórios de identidade, a exemplo do Portal do Sertão, Baixo Sul e Recôncavo, com debates com o secretário de Cultura, Jorge Portugal e visita a pontos e entidades culturais dos territórios e participação em manifestações culturais.

O gestor cultural Pawlo Cidade opinou que esses encontros servem para fortalecer as ações culturais do município e do território. “Programas e projetos tendem ao sucesso quando criamos ações em que o estado se torna parceiro. Juntos, somos mais fortes. As políticas públicas de cultura tendem a se solidificar, sobretudo em Ilhéus, que pensa em descentralizar e desconcentrar os recursos da cultura”, assegura.


sexta-feira, 14 de julho de 2017

EVENTOS DESTE FINAL DE SEMANA DO TMI

EVENTOS DESTE FINAL DE SEMANA DO TMI

“Até que a internet nos separe” terá
apresentação única, domingo no TMI

 “Até que a internet nos separe” é a comédia estará em cartaz neste domingo (16), às 20 horas, no Teatro Municipal de Ilhéus, protagonizada pelos atores Márcio Kieling e Gabriela Durlo. O espetáculo teatral dirigido por Fernando Gomes terá apresentação única devido a problemas de gravação de telenovela na Rede Globo por parte de Márcio Kieling. Os ingressos custam R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia).

De acordo com a produção do espetáculo, a comédia conta a história de Gabriela e Márcio. “Prestes a completar sete anos de casados, se veem diante de dilema que afeta cada vez mais as nossas relações de hoje em dia: a era digital e a eterna preocupação com nossa aparência virtual. Quantos seguidores você tem? Quantos links sua foto recebeu?”.

A produção da comédia informou ainda que neste mundo virtual é cada vez mais apontado como principal responsável pelas crises nos relacionamentos. “É aí que os protagonistas da comédia conflitam situações do dia a dia com a exagerada influencia digital em nossas vidas. Essa nova realidade apareceu para colocar a prova se os casais realmente se amam”, conta.
  
Galeria do Teatro de Ilhéus
abre vernissage na segunda-feira

A Galeria do Teatro Municipal de Ilhéus sedia de 17 a 24 deste mês, das 18 às 20 horas, a mostra de fotografias, aquarelas e desenhos das artistas Cláudia Pompeu e Geraldine Belmont. O acervo é apresentado em diferentes técnicas e linguagens que retratam a conexão de ambas com os elementos da natureza, do ponto de vista estético, pesquisa e reflexão. A venda das obras terá percentual destinado para suporte financeiro do trabalho desenvolvido pelo Instituto Tartarú, na Península de Maraú, situado no sul da Bahia.
 
Cláudia Pompeu e Geraldine Belmont afirmam que as obras retratam o mar, suas cores, a mata atlântica e os seres que neles vivem. “Sonhar junto torna-se realidade. Aqui, essa realidade é poética e inspiradora. Usar a arte para falar da natureza e da urgência de sua preservação tem o objetivo também de divulgar o trabalho do instituto, do qual ambas são diretoras, contam”.
 
Cláudia Pompeu é publicitária e fotógrafa. Sempre vem ao sul da Bahia em busca da singularidade oferecida pela biodiversidade da região. Pós-graduada pela Escola de Belas Artes de São Paulo, ganhou o prêmio Pinagram, oferecido pela Pinacoteca do Estado de São Paulo. Participou da mostra “Índia”, na Fundação Armando Alves Penteado, e exposições coletivas.

Já Geraldine Belmont veio ao Brasil em 2004 para desenvolver trabalhos na área de proteção ao meio ambiente, com foco em resíduos sólidos. Mora em Ilhéus há treze anos. Pela segunda vez expõe sua produção artística na cidade. Graduada em belas artes pela Escola de Arte de Lausanne, em 2001, participou de exposições coletivas no Centro de Escultura de Nova York, no Museu de Artes Aplicadas de Viena, Áustria, e individuais em Londres, Berlim, Genebra e Zurique.


terça-feira, 11 de julho de 2017

Menino de 15 anos, prodígio dos negócios lança primeiro livro

Apesar da pouco idade, Davi Braga coleciona experiências empreendedoras e busca inspirar novos jovens

São Paulo, julho de 2017 – Aos 11 anos, ele já empreendia. Aos 13, fundou uma empresa, a startup “List-It”. E hoje, aos 15 anos, traz em seu currículo a participação no programa Shark Tank, no Criança Esperança, em eventos de investimento como o Demo Brasil, o fato de ter sido o mais jovem palestrante sobre negócios do TED e, como se não bastasse, agora lança o seu primeiro livro: “Empreender grande, desde pequeno”, da Buzz Editora. Este é Davi Braga, adolescente que se divide entre as atividades cotidianas de alguém da sua idade e as responsabilidades de um homem de negócios.
                                                                                                                                                      
Apesar da pouca idade, a maturidade de Davi surpreende, assim como a forma empreendedora com que olha para as situações, de alguém que, de fato, busca solucionar os problemas. “Deve fazer parte do DNA empreendedor aproveitar todas as oportunidades que cruzam o seu caminho”, acredita.

Na abertura do livro, Davi apresenta considerações sobre o modelo de escola ao que somos submetidos desde a infância e relaciona isso ao desenvolvimento da criatividade e sentimento empreendedor. O autor defende que a escola seja um ambiente de experiências, que gere debate de ideias e desenvolva a capacidade dos alunos de se expressarem em público e defender o que pensam.

Em “Empreender grande, desde pequeno”, o menino prodígio compartilha suas experiências e propõem que desde cedo pensemos fora da caixa. O livro traz QR code em algumas páginas, onde é possível que o leitor assista às palestras e participações de Davi e possa ter certeza que o empreendedor tem propriedade no que diz.

“Nós, seres humanos, possuímos o melhor aplicativo do mundo instalado em nosso corpo, que é o nosso cérebro. Com ele, temos acesso à criatividade infinita. Mas seu potencial, muitas vezes, não é utilizado na capacidade máxima, quando se deixa levar pelo sistema da nossa sociedade, que o conduz a fazer trabalhos chatos e repetitivos”, conclui.

Empreender grande, desde pequeno” será lançado no 17 de julho, na Livraria Saraiva do Shopping Pátio Paulistaem São Paulo.

Serviço
Título: “Empreender grande, desde pequeno”
Autor: Davi Braga
Selo: Buzz Editora
Páginas: 158
Preço: R$ 29,90


Cássia Miranda
Assessora de imprensa
+55 11 3392-3025 Ramal 220



https://ci6.googleusercontent.com/proxy/nKLTxa5eMQq1eGU8oX1Tmcq49tsjnoYKUu-qd5N6X2NIhOMJ9_SQs5vJ-xVDckrZwOqvyR1tB5SJZA88Rfnye_C6zaD78L2VzvZrBWCg_MUTfWBVrBDDuKJXrewvqv0=s0-d-e1-ft#https://ipmcdn.avast.com/images/icons/icon-envelope-tick-green-avg-v1.png
Livre de vírus. www.avg.com.

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Comédia “Até que a internet nos separe” estreia no Teatro Municipal de Ilhéus

A comédia “Até que a internet nos separe” estará em cartaz no próximo dia 15 (sábado), às 21 horas e domingo (16), às 20 horas, no Teatro Municipal de Ilhéus, com os atores Márcio Kieling e Gabriela Durlo. Os ingressos podem ser adquiridos antecipadamente na bilheteria do teatro, ao preço de R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia). O espetáculo teatral é dirigido por Fernando Gomes, e o texto é de Márcio Kieling.

A assessoria de imprensa dos atores informou que a comédia conta a história de Gabriela e Márcio. “Prestes a completar sete anos de casados, se veem diante de dilema que afeta cada vez mais as nossas relações de hoje em dia: a era digital e a eterna preocupação com nossa aparência virtual. Quantos seguidores você tem? Quantos links sua foto recebeu?”.

Ainda de acordo com a assessoria de imprensa de Márcio Kieling e Gabriela Durlo, neste mundo virtual é cada vez mais apontado como principal responsável pelas crises nos relacionamentos. “É aí que os protagonistas da comédia conflitam situações do dia a dia com a exagerada influencia digital em nossas vidas. Essa nova realidade apareceu para colocar a prova se os casais realmente se amam”, conta.