Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2014

GRUPO POETAS VIVOS APRESENTA "TEATRALIZANDO A VIDA"

Imagem
O Grupo de Teatro Poetas Vivos, apresenta hoje e amanhá (28 e 29) às 19h no Centro de Cultura Adonias Filho, o espetáculo "Teatralizando a Vida". O espetáculo aborda os temas da ecologia, homofobia, discriminação, dentro de uma linguagem poética.

O elenco é formado pelos membros:Antonio Oliveira, Wellington Bonnier, Glória Brandão, Romilton Telles,Clovisnaldo Argolo e Donaciano Macedo. Não perca, você vai se divertir muito  com  histórias e história do cotidiano.

Antonio Oliveira é o presidente do Clube do Poeta Sul da Bahia e os de mias membros formam suias diretoria, mas o grupo é independente.

Por motivo  das reformas do Centro de Cultura Adonias Filho há quase um ano, os espetáculos estão sendo realizados no foyer, mas com umas acomodação confortável.    Esperamos que o Estado finalize logo as obras e a agenda cultural de Itabuna, volte  a se oficializar.  

Foto: Joselito dos Reis    


O RIO CACHOEIRA EM ITABUNA, UM DOS MAIS POLUÍDOS DO BRASIL,HOJE ESTÁ ASSIM! AINDA RESPIRA...

Imagem
RIO CACHOEIRA DE ÁGUAS CRISTALINAS
DOS MENOS E DAS MENIAS GRAPIÚNA
CANTADO POR VERSOS E PROSA...
DOS POETAS TELMO PADILHA E FIRMINO ROCHA
DO TROPEIRO DERALDO DO BARRA DO ROCHA
DOS MILHARES DE POETAS...
QUE CHORAM E CLAMAM SUA VIDA
DOS TEMPOS DAS LAVADEIRAS E JANGADEIROS
DOS MACUCOS, PATURIS E JURITIS...
DO NEGO D`AGUA E DA MULHER DE SETE METROS
DA MAGIA E DA LOUCURA, BRAVURA..
DAS SUAS MARGENS ITABUNA/ILHÉUS.
DOS PIONEIROS, DOS CONSTANTINOS  E DOS AMORES DIVINO
DO ESPIRITO SANTO E DO MANTO...
HOJE DAS LAMENTAÇÕES DE SUA MORTE
TRISTE CACHOEIRA DE LÁGRIMAS
NUNCA MAIS OS PÁSSAROS
NUNCA MAIS OS MOLEQUES PULANDO DAS PONTES EM SUAS ÁGUAS
NUNCA MAIS OS PEIXES, AS PACAS OS JACARÉS
LHE CONFERIRAM UM ATESTADO DE DESTRUIÇÃO
ADEUS RIO!
ADEUS EMOÇÃO!
SE ESQUECERAM DA POLUIÇÃO!
AONDE ESTÁ A ALMA SAGRADA DE ITABUNA?
SALVE-A, MEU PADROEIRO, GLORIOSO SÃO JOSÉ
NÃO DEIXE MORRER DOS ITABUNENSES A FÉ!


OS 10 MELHORES POEMAS DE MANOEL DE BARROS

Imagem
Pedimos aos leitores e colaboradores — escritores, jornalistas, professores — que apontassem os poemas mais significativos de Manoel de Barros, um dos mais aclamados poetas contemporâneos brasileiros. Nascido em Cuiabá em 1916, Manoel de Barros estreou em 1937 com o livro “Poemas Concebidos sem Pecado”. Sua obra mais conhecida é o “Livro sobre Nada”, publicado em 1996. Cronologicamente vinculado à Geração de 45, mas formalmente ao Modernismo brasileiro, Manoel de Barros criou um universo próprio — subvertendo a sintaxe e criando construções que não respeitam as normas da língua padrão —, marcado, sobretudo, por neologismos e sinestesias, sendo, inclusive, comparado a Guimarães Rosa. Em 1986, o poeta Carlos Drummond de Andrade declarou que Manoel de Barros era o maior poeta brasileiro vivo. Antonio Houaiss, um dos mais importantes filólogos e críticos brasileiros escreveu: “A poesia de Manoel de Barros é de uma enorme racionalidade. Suas visões, oníricas num primeiro instante, logo se …

"QUANTO UM POETA NASCE PARA ETERNIDADE AS ESTRELAS BRILHAM MAIS" Jrs..

Imagem
16/11/2014 15h31 - Atualizado em 16/11/2014 15h46 Jornalista relembra última conversa com o poeta Manoel de Barros Jornalista frequentava a casa do poeta em Campo Grande.
Martins revela quem era o 'alter ego' do poeta sul-mato-grossense. Do G1 MS FACEBOOK