Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2015

FICC faz lançamento do livro " A Ilha de Aramys" do jornalista Waldeny Andrade

Imagem
Em uma concorrida noite de sessão de autógrafos o radialista, jornalista e escritor Waldeny Andrade lançou na quinta-feira, dia 30, o livro “A Ilha de Aramys - 40 anos de eleições em Itabuna”, editado pela Via Litterarum, no foyer da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), na Praça Laura Conceição. Acompanhado do vice-prefeito Wenceslau Junior e do secretário municipal de Comunicação, Gilvan Rodrigues, o presidente da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), Roberto José da Silva, destacou a trajetória do escritor e falou dos projetos de incentivo à cultura como instrumento de transformação social.

ITABUNA QUERIA LHE VER ASSIM!

Imagem
ITABUNA QUERIA LHE VER ASSIM! *Joselito dos Reis
Os técnicos da Ceplac descobriram a formula para o combate a vassoura de bruxa e a previsão, agora, é de que a região do cacau produza 300 mil arrobas/ano de amêndoas do produto. Com isso a Ceplac tem de volta a sua hegemonia e os 10% dos recursos da produção vendida do cacau. Duas grandes indústrias chocolateiras, absorvendo seis mil empregos, se instalaram no Centro Industrial de Itabuna, que recebeu moderna infraestrutura.  
Itabuna, nestes seus 105 anos de emancipação-politico-administrativo, também, recebe investimentos dos Governos: Estadual e Federal. Com esses recursos, o Rio Cachoeira foi totalmente despoluído, transformou-se em área de lazer para o esporte aquático, aliado ao serviço de saneamento realizado no município; A nova Barragem já funciona e acabou com o sofrimento da falta de água tratada no município. Itabuna ganha novos viadutos, pistas elevadas e as paralelas do Rio Cachoeira, dois grandes escoadores do tráfego, com …

TELMO PADILHA 28 ANOS EM OUTRA DIMENSÃO

Imagem
UM GRANDE NOME DE NOSSA CULTURA GRAPIÚNA
O nosso amigo poeta, Telmo Fontes Padilha, que morreu no dia 16 de Julho de 1997, está completando 28 anos em outra dimensão. O poeta morreu num trágico acidente automobilístico, entre as cidades de Buerarema/Itabuna. Com mais de 40 obras literárias, a maioria poesia, e traduzidas em diversos idiomas, mostrando a nossa cultura do cacau lá fora, o poeta, ainda,  não foi reconhecido pelo menos, com um nome de rua em Itabuna! Para nós, um absurdo!
Telmo Padilha nos ajudou na implantação do Clube do Poeta Sul da Bahia, quando o fundamos na redação do extinto Diário de Itabuna, em 02 de Janeiro de 1991, ao lado, também, do grande e saudoso poeta e contista Ariston Tibério Caldas. 
Filho de Ferradas, mesma terra onde nasceu seu compadre, o escritor Jorge Amado, Telmo, era funcionário público da Ceplac, nunca deixou a sua terra, que ele tanto amava, como ninguém. Portando, merece ser um nome de logradouro em sua cidade. Com a palavra a Câmara de Vereador…

Saudade...

Imagem
UM POEMA RECENTE DO POETA JOSELITO DOS REIS

Ouvindo ao longe uma canção Como se estivesse voando no ar No infinito azul como um pássaro Sem destino, de dor e emoção...!
Foi que encontrei a formula Para expulsar as minhas dores... Dos descaminhos dos amores Pela crueldade do tempo manso
Mas, não adiantou, afoguei-me. No oceano de minhas próprias lágrimas Dentro dessa distancia sem fim De uma solidão perdida no infinito.
reislito@hotmail.com
20.07.15

Prefeito garante apoio ao projeto do Festival Literário de Ilhéus

Imagem
Reunião que definiu o apoio foi realizada nesta quarta-feira, 08, com a participação do presidente da Fundação Pedro Calmon, Zulu Araújo, e de representantes de editoras locais, Academia de Letras e Conselho de Cultura O prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, garantiu o apoio institucional do Município ao projeto do I Festival Literário de Ilhéus, apresentado por representantes do Conselho Municipal de Cultura, em consórcio com a secretaria de Cultura, Academia de Letras de Ilhéus, a Fundação Pedro Calmon, vinculada à secretaria de Cultura do Estado da Bahia, e editoras regionais. A reunião aconteceu nesta quarta-feira, às 14h30min, no Gabinete do Palácio Paranaguá, com a participação do presidente da Fundação Pedro Calmon, Zulu Araújo. A ideia central é promover ações de valorização da produção literária e de incentivo à leitura, além de fortalecer a atividade turística. Na oportunidade, o presidente da Fundação Pedro Calmon destacou a tradição literária do sul da Bahia e elogiou a ação do…