CLUBE DO POETA SUL DA BAHIA: "TEATRALIZANDO A VIDA"

Fotos: ITABUNA CENTENÁRIA-RSIC
TEATRALIZANDO A VIDA – É o magnífico espetáculo que estreou ontem, 26/09, no Foyer do Centro de Cultura Adonias Filho, com direção do ator Wellington Bonnier. No elenco, Antonio Oliveira, Glória Brandão, Cloves Argolo, Donaciano Macedo, Romilton Teles, Carlos Santana e Bonnier, membros do Clube do Poeta Sul da Bahia mostraram competência e dedicação e deixaram o público vibrante.  O texto trata de vários assuntos do cotidiano em ritmo de poesia e prosa poética. Assunto de grande relevância como a morte do Rio Cachoeira, interpretado por Bonier foi muito comovente e passou uma mensagem forte de alerta para autoridades e povo, já que cada itabunense tem sua parcela de responsabilidade pelo que faz (ou deixa de fazer)  pelo Rio Cachoeira.
Atriz estreante,  Glória Brandão está perfeita  declamando obra de sua autoria em magistral interpretação e também contracenando com outros atores. Os poetas Antonio Oliveira, Cloves Argolo, Donaciano Macedo e Romilton Teles estão fantásticos em suas atuações, todos muito bem acompanhados pela música  do violonista Carlos Santana.
Ao final o diretor da peça agradeceu a presença de todos e pediu uma grande salva de palmas para a plateia. 
Na plateia o Acadêmico da Agral e diretor teatral Cláudio Zumaeta, muitas crianças e adolescentes, artistas e poetas.  Também presente o poeta diretor do Centro de Cultura Adonias Filho, Aldo Bastos, que  foi alvo de muitos agradecimentos por disponibilizar o espaço, apesar de ainda estar em obras. Aldo Bastos, não se nega em apoiar a cultura, os artistas, diferentemente de alguns diretores de espaços culturais, na região que se acham donos, não permitindo sequer uma visita às instalações.
TEATRALIZANDO A VIDA  estará em cartaz  ainda hoje, às 19 horas no CCAF.
Não perca!
Veja fotos abaixo:
* * *

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RECUPERAÇÃO DA MATA ATLÂNTICA EM LIVRO

DOIS POEMAS DO NATAL DE JOSELITO DOS REIS

PRODUÇÃO AUDIOVISUAL É TEMA DE NOVO LIVRO DA EDITUS