SEDE DAS BANDEIRANTES APOS REFORMA FOI DEPENADA NOVAMENTE


Reformada na gestão, anterior, do Capitão Azevedo, com o dinheiro público jogado fora, foi novamente depenada a Sede das Bandeirantes, em Itabuna. O imóvel que hoje, segundo informações, pertence ao patrimônio deste município, desde ontem vem tendo sua cobertura e portas retiradas. 

Na tarde de hoje (15), no local, às 16hs, flagramos, juntamente, com dois motoristas de táxi, da praça ali existente, um caminhão da empresa Conlar retirando os últimos ripões da cobertura do imóvel, que fica localizado na Rua Barão do Rio Branco, com à Amelia Amado. O local, após ser quebrado um cadeado, teve seu interior invadido  por viciados de drogas, o que estava levando intranquilidade para alguns moradores e transeuntes.     

Este mesmo imóvel por ser um local histórico de Itabuna, foi requisitado pelo Clube do Poeta Sul da Bahia, que forçou à sua reforma, para ser sua sede, mas por questões burocráticas e de falta de organização dos gestores públicos desta cidade, não foi possível.  Era pretensão do Clube do Poeta Sul da Bahia transformar o imóvel na "Casa da Poesia Grapiúna (CPG)". No local, funcionaria biblioteca, escola de arte/cultura e lazer, através dos nossos artistas, incluindo recitais de poesia, voz e violão, além de  apresentação   de  shows e dança.

É uma pena que o projeto de cultura de Itabuna seja cega, ou seja, só enxerga o que vem de fora, e não vê a nossa essência!    Em Itabuna temos muitos nomes que poderiam revolucionar um verdadeiro resgate cultural. Por exemplo: Farid Maron e Professor João Cordeiro. Itabuna está caminhando para ser uma cidade sem memória do seu patrimônio histórico/cultural.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Professor João Cordeiro de Andrade homenageado pela FTC/Itabuna

Faeg vence edital para semear cultura pelo sul da Bahia

RECUPERAÇÃO DA MATA ATLÂNTICA EM LIVRO