“ALI LONGE NO MAR” é o título do livro da itabunense Solineide Maria

(José Scortecci Editora – São Paulo)

No livro predomina o tema do mar. Poemas e crônicas poéticas. Mas reparem: não o mar-ele-mesmo como em uma pintura realista. Não. Mar-essência apenas. Mar-pretexto. Imensidão, marulho, velas e barcos, portos inseguros, chegando e se afastando como sonhos que flutuam no oceano dos pensamentos, invadindo nosso coração, aportando e apontando ali a certeza de sermos falíveis, mortais e frágeis. Dele, desse mar-ficção, é que emergem recônditas nostalgias, lampejos de amores mal resolvidos, queridos, nem tanto, não correspondidos e assim por diante. Amores-talvezes. Amores-quases.

Clinio Jorge de Souza
Professor Doutor em Comunicação e Semiótica pela PUC/SP

Solineide Maria de Oliveira é grapiúna. Começou a escrever versos tímidos ainda na infância, inclusive na página literária do extinto Diário de Itabuna, muitos dos quais eram apresentados para a professora Celeste, do primário, que a orientou nas primeiras leituras. Depois, escrevia para o silêncio de suas gavetas. Grávida de oito meses de sua filha Flora Maria, hoje com doze anos, a convite de Demóstenes, “poetamigo”, publica Antologia dos Dez, uma reunião de poemas cujos autores eram dez amigos.

Três anos depois, publica Antologia dos Poetas Vivos, a convite de outro amigo, Donaciano. Tais publicações se deram em Itabuna. Em São Paulo, onde viveu alguns anos, participou de três edições da Antologia Caleidoscópio, da Editora Olho D'água. Trata-se de um trabalho anual, organizado pelo editor. Ainda em São Paulo, conheceu o Professor Dr. Gabriel Perissé, coordenador do Projeto Mosaico Escola de Escritores, numa casa na Vila Madalena.

Em tal ambiente, conheceu igualmente poetas que se tornaram amigos de sempre: Antônio Draetta, Deise Assumpção, Paula Faraone, Simone Paulino, Zé Batalhafam... Gabriel Perissé e seus amigos poetas se tornam incentivadores do seu fazer poético. Assim, pessoas, palavras e coisas vão acrescendo em Solineide e, dessa maneira, a autora vai tomando posse do que desconfiava que tivesse: o benefício de escrever poesia.

Atualmente, é discente no curso de Letras da Universidade Estadual de Santa Cruz, percorre um caminho que ama e que pretende trilhar. Descobrindo e redescobrindo maneiras de ler, de ser lida e possibilidades da linguagem poética, sobretudo.


GRUPO EDITORIAL SCORTECCI
Rua Dep. Lacerda Franco, 177 - Pinheiros - CEP 05418-000 - São Paulo - SP
Telefones: (11) 3032-1179 ou (11) 3032-6501
E-mail: gruposcortecci@scortecci.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RECUPERAÇÃO DA MATA ATLÂNTICA EM LIVRO

DOIS POEMAS DO NATAL DE JOSELITO DOS REIS

PRODUÇÃO AUDIOVISUAL É TEMA DE NOVO LIVRO DA EDITUS