Delile uma poesia de Itabuna

PARABÉNS DELLILE! PELA PASSAGEM DE SEU ANIVERSÁRIO HOJE,29 DE MAIO, QUE DEUS NOSSO PAI SUPREMO LHE DÊ MUITA SAUDE E PAZ. MENSAGEM DOS POETAS DE ITABUNA


O Clube do Poeta Sul da Bahia, Itabuna, ontem (09.05) esteve visitando a poetisa Maria Delile Miranda Oliveira, 82 anos de idade, mas com uma saúde física e intelectual de meter inveja a qualquer ser humano. 

Ela é abençoada, e merece em nome do nosso Pai Supremo viver por muitos e muitos anos. Dona Delile recebeu os membros da diretoria do Clube, com poesia e um delicioso vinho do porto. 

Sua residência por um momento foi mais iluminada ainda, com um lindo recital de poesias e histórias da nossa sociedade, através dos poetas: Adeildo Marques, Paulo Lima, Camilo Reis, Joselito dos Reis e Clovisnaldo Argôlo.

Na oportunidade em papo descontraído foram lembrados os nomes do Professor e escritor, jornalista, artista plástico e poeta, Plínio de Almeida, assim como, do jornalista e professor Raimundo Osório Couto Galvão como canais da desenvoltura de nossa poesia grapiúna.   

A poetisa Delile, muita satisfeita fez sua filiação ao Clube do Poeta e distribui aos poetas, presentes, autográficos de seu livro de poesia “Sendas & Trilha”. e





RESÍDUOS DA INFÂNCIA
Que saudades
daquele mar azul,
beijando a areia
com espumas peroladas.
Meu coração ficou
lá, na infância.
Minhas emoções cresceram
em caminhos estranhos
e rotas diversas.
Relvas ásperas e pedregulhos
feriram tantas vezes
meus pés!
De repente,
as emoções me levaram
de volta à infância.
Lá estavam
os resíduos guardados
que vieram aflorar
emoções adormecidas
em meu coração.
Hoje, acalentado está,
novamente florido,
de emoções do amor antigo.
Resíduos de minha infância

Este poema, acima, será publicado na Antologia Centenária que deverá ser lançada ainda este ano, num trabalho do Clube do Poeta Sul da Bahia, homenageando Itabuna. Veja mais alguns dados da biografia de nossa linda poetisa.

Maria Delile Miranda Oliveira nasceu em Ruy Barbosa-Ba,
passou sua infância e adolescência em Itabuna-Ba. Cursou magistério no Colégio Divina Providência.
Lutou pelo resgente das escolas públicas de 1º grau durante, 33 anos
Licenciada em Pedagogia – Faculdade de Filosofia de Itabuna-Ba. Professora auxiliar de História da Educação (FAFI/FESP) – Ilhéus-Ba, Titular de Supervisão Escolar pela PUC de Minas Gerais. Coordenadora Geral de Estágios Supervisionados da UESC – Ilhéus-Ba.

Tem três livros publicados: "Sendas e Trilhas";  "Tecendo Lembranças" e
"Formação do Magistério do 1º Grau". Tem vários poemas publicados em Jornais de Itabuna e Ilhéus. É detentora  de Prêmio Fundação João Fernandes Cunha- Grupo de Ação Cultural- Salvador/Ba. Além de outros cargos como:  Supervisão Educacional da Bahia e  Faculdade de Filosofia de Itabuna

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Professor João Cordeiro de Andrade homenageado pela FTC/Itabuna

Faeg vence edital para semear cultura pelo sul da Bahia

RECUPERAÇÃO DA MATA ATLÂNTICA EM LIVRO