Prefeito acompanha obras do Galpão Cultural em Ferradas

Começa a contagem regressiva para a inauguração de um dos mais importantes equipamentos de cultura e de resgate da história grapiúna no Sul da Bahia: o Galpão Cultural Casa de Jorge Amado, que está sendo construído no bairro de Ferradas. A inauguração está programada para o dia 30 deste mês e será no mesmo local onde o escritor Jorge Amado viveu parte de sua infância.

As obras, iniciadas no começo deste mês, estão em ritmo bastante acelerado e vem sendo acompanhada pelo prefeito Capitão Azevedo, que está tão entusiasmado quanto os moradores que estão vendo o sonho de mais de 35 anos serem concretizados.

Ele esteve no local na manhã desta quarta-feira (16) e destacou a importância desse espaço para a comunidade, lembrando que Jorge Amado foi um dos escritores que mais divulgou para o Brasil e o mundo a nossa cultura regional.

“Não podemos deixar que nossa história se perca no tempo, principalmente quando se trata de um nome como o de Jorge, nosso filho Amado e sempre ilustre”. As obras estão sendo executadas com recursos próprios do município.

O projeto de autoria do produtor cultural Ari Rodrigues foi apresentado ao prefeito no mês passado e consistia em apenas a cessão do espaço em Ferradas para a implantação do projeto, mas foi tão bem recebido pelo Capitão Azevedo que ele fez questão de ampliar e devolver à comunidade, uma réplica da residência antiga do escritor Jorge Amado, para funcionar no local um museu, um cinema, um teatro e uma biblioteca.

O trabalho no futuro Galpão Cultural, conta com 30 homens, sendo 10 pedreiros e 20 serventes que trabalham todos os dias da semana, a fim de concluir a obra no prazo estipulado pelo prefeito e pelos artistas envolvidos. No momento estão sendo levantadas as paredes e o próximo passo, será o telhado.

O encarregado da obra, Robson Laranjeira, da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, explicou que o piso de cerâmica de barro e as portas de madeira serão no mesmo estilo da antiga casa do escritor. O piso foi encontrado em Jequié, segundo Robson. Já as portas e janelas estão sendo confeccionadas em uma marcenaria local.

Comunidade entusiasmada

A coordenadora do projeto, Eva Lima, que também está acompanhando as obras, ressalta o entusiasmo da comunidade de Ferradas. Ela contou que pelo menos duas vizinhas do local onde está sendo construído o Galpão Cultural, dona Dolores e dona Argentina, duas senhoras quase centenárias estão tão animadas e felizes que comentam que se sentem como se fossem vizinhas novamente de Jorge Amado.

“A gente está escrevendo um novo ciclo cultural , com um novo retrato da história cultural grapiúna, e tudo começa quando se resgata um importante pedaço de um momento vivido por nossa comunidade em décadas passadas”, frisou Eva Lima.

Por: Rosi Barreto – Fotos: Juarez Nunes 1

Nome Jorge Amado

Sugestão do Clube do Poeta Sul da Bahia, que o Município também construa no Anel Rodoviário (rotatória) na entrada do bairro de Ferradas, uma estátua do filho mais ilustre daquela terra, com a frase "Aqui nasceu Jorge Amado". Serviria como identificação da terra do escritor. Fica ai a dica!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RECUPERAÇÃO DA MATA ATLÂNTICA EM LIVRO

DOIS POEMAS DO NATAL DE JOSELITO DOS REIS

PRODUÇÃO AUDIOVISUAL É TEMA DE NOVO LIVRO DA EDITUS