Morre o húngaro Imre Kertész, Nobel de Literatura de 2002

Da Agência Lusa

O escritor húngaro Imre Kertész, Prêmio Nobel de Literatura em 2002, morreu hoje (31) em sua casa em Budapeste, aos 86 anos, informou a agência de notícias MTI.
Judeu húngaro deportado para Auschwitz aos 15 anos, na sequência de perseguições nazistas, Imre Kertész tem sua obra marcada pelo holocausto.
Mais tarde, ele foi transferido de Auschwitz para o campo de concentração de Buchenwald, de onde foi libertado em 1945 pelas tropas norte-americanas.
Depois da guerra, foi jornalista e tradutor de autores alemães.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

"O Menino da Vila Zara" Artigo de Joselito dos Reis

RECUPERAÇÃO DA MATA ATLÂNTICA EM LIVRO

DOIS POEMAS DO NATAL DE JOSELITO DOS REIS