PALACETE DAS ARTES RECEBE EXPOSIÇÃO INÉDITA DE ESCULTURAS

PALACETE DAS ARTES RECEBE EXPOSIÇÃO INÉDITA DE ESCULTURAS EM CERÂMICA, DA ARTISTA ELISABETH COUTINHO
Abertura será nesta quinta, 4 de maio, às 19h

O primeiro pavimento do Palacete das Artes recebe nesta quinta (4 de maio), às 19h, a exposição “Formas e Sentimentos”, da artista visual e restauradora Elisabeth Roters Coutinho. A mostra apresenta cerca de 40 esculturas em argila, explorando o tema “cabeças”.

Conforme explica a curadora da exposição, Nanci Novais (artista plástica, professora e diretora da Escola de Belas Artes da Ufba), a artista visual Elisabeth Coutinho encontrou na cerâmica o que considerou o recurso mais eficiente para materializar suas obras/cabeças e aprofundar seus estudos de efeitos de volumes, sombras, brilhos, texturas, contrastes e expressões.


Para Nanci, Coutinho está contribuindo para o reconhecimento da cerâmica como expressão artística das mais valorizadas na contemporaneidade. “O resultado é uma grande produção onde a referida artista demostra através do domínio da técnica, todo seu potencial criativo. No acabamento final, cada peça tem o seu tratamento particular, seja vitrificada ou simplesmente polida com cera, quando faz sobressair formas ou incisões que escaparam ao seu toque ou simples efeitos inesperados que acontecem muitas vezes pela magia do fogo no ato da queima”.
O crítico de arte César Romero acrescenta detalhes nas esculturas de cabeças da artista. “Uma característica das esculturas de Elisabeth é que, em muitas, aparecem um nariz curvo, aquilino, saído da testa indo até a boca, causando um elemento surpresa muito bem posto. Boca e lábios proeminentes, olhos afundados. Estas características formam sua linguagem, vem de sua vida instintiva profunda. Na tradição, no transitar de ideias, ela organiza o caos, movida pela necessidade interna de expressar sentimentos e fatos decorrentes de sua época. Um trabalho incansável no credo e obstinação.”
"Não esperem da artista objetos utilitários, feitos para encantar ou mostrar habilidades, sua sensibilidade busca formas expressivas, fortes e realizadas dentro de um raciocínio coerente com a contemporaneidade. Ele faz esculturas bem elaboradas, conseguindo através de cada uma delas novas possibilidades e descobertas”, enfatiza Justino Marinho.
Ao convidar o público para a abertura da exposição, o diretor do Palacete das Artes, Murilo Ribeiro, explica que “Formas e sentimentos” é a primeira mostra em cartaz no museu, a partir da proposta de abrigar e contribuir com a divulgação dos trabalhos de artistas ceramistas. “Esta semente foi plantada por aqui há dois anos, com a realização da oficina de cerâmica que reúne aprendizes e mestres para, juntos, disseminar a cultura através do estudo de uma técnica e da troca de experiências. O museu está de portas abertas para a arte contemporânea da cerâmica. Que venham os trabalhos e os artistas com suas cerâmicas escultóricas”.
A exposição ficará em cartaz até o dia 4 de junho, podendo ser vista de terça a sexta, das 13h às 19h, e sábado, domingo e feriado, das 14h às 18h.
O Palacete das Artes é um órgão vinculado ao Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural/Secretaria de Cultura. Funciona de terça a sexta, das 13h às 19h, e sábados, domingos e feriados, das 14h às 18h. Mais informações no tel. 71 3117 6987.

SERVIÇO
Palacete das Artes (IPAC/Secult-BA)
Abertura da exposição Formas e sentimentos, de Elisabeth Coutinho
4 de maio de 2017, às 19h/ Visitação: até 4 de junho
Rua da Graça, 284/ 71 3117 6987/6997/ Assessoria: 71 9974 5858/8777 5409
Facebook: Palacete das Artes

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Professor João Cordeiro de Andrade homenageado pela FTC/Itabuna

Faeg vence edital para semear cultura pelo sul da Bahia

RECUPERAÇÃO DA MATA ATLÂNTICA EM LIVRO