Ingressos para “O Mágico de Oz” já estão à venda

Já estão disponíveis nos pontos de venda Stand do Karioca (Centro - Ilhéus), Central de Ingressos (Centro - Itabuna), Bicho Festeiro (Shopping Jequitibá - Itabuna) e na Encantur (Ilhéus e Itabuna) os ingressos para a mega produção “O Mágico de Oz”, que acontece no Centro de Convenções de Ilhéus, na Bahia, nos dias 17 e 18 deste mês. Os ingressos custam R$ 80,00 (inteira) e R$ 40,00 (meia) para venda à vista e podem também ser adquiridos em até 3x em qualquer cartão de crédito, acrescidos da taxa variável de acordo com a operadora. A produção adverte: para a venda de meia-entrada para crianças até 10 anos deverá ser apresentada, no ato da compra e na entrada do espetáculo, a Certidão de Nascimento ou Carteira de Identidade.

Estudantes, também beneficiados pela meia-entrada, deverão adquirir os seus ingressos na sede local da União dos Estudantes da Bahia (Rua Carneiro da Rocha, nº 91 – em frente à UBI), mediante apresentação, tanto no ato da compra quanto no acesso ao espetáculo, da carteira emitida pela União Nacional dos Estudantes (UNE) ou comprovante de matrícula das instituições de ensino legalizadas, junto ao documento de identificação com foto. Para o público da Melhor Idade (acima de 65 anos), os ingressos estarão disponíveis na Encantur e Stand do Karioka, bem como na bilheteria do Centro de Convenções (nos dias de espetáculo), sendo exigida a comprovação da idade. Para essas duas condições especiais - estudantes e idosos - os ingressos também serão vendidos na agência M21, situada na Avenida Soares Lopes, em Ilhéus.

Espetáculo dirigido pelo argentino radicado no Brasil, Juliano Canterini, ou Billy Bond, “O Mágico de Oz” impressiona pela produção. Em cena, serão dez toneladas de equipamentos, 30 atores vivendo 40 personagens, 180 figurinos, cinco cenários e utilização de efeitos especiais a granel, inclusive o 3D, atual vedete do cinema hollywoodiano, que Bond introduziu pioneiramente nos palcos brasileiros. No clímax do espetáculo, orçado na casa dos R$ 6 milhões, o público sentirá ao vivo o vento e a chuva junto com Dorothy, protagonista da clássica história criada por Lyman Frank Baum e imortalizada no longa-metragem de Victor Fleming, de 1939.

Em Ilhéus, para o espetáculo, o Centro de Convenções contará com telões de projeção e no acesso ao auditório principal o público receberá óculos especiais. Bond revela que todos os efeitos foram criados sob a supervisão dos mesmos profissionais que produzem e fornecem matéria-prima para o renomado mágico norte-americano David Copperfield. A apresentação que será encenada em Ilhéus pela primeira vez mistura cinema e teatro. Além do filme 3D e de técnicas de ilusionismo de levitação, há movimentos de cenário controlados por computador.

Cantado ao vivo, “O Mágico de Oz” conta a estória de Dorothy, uma garotinha que mora em uma fazenda no Kansas, interior dos EUA. Sempre ao lado de seu cachorrinho Totó, ela vive com os tios Emily e Henry. Um dia, um tornado leva Dorothy e Totó para uma terra mágica e distante, além do arco-íris: a Terra de Oz, onde Dorothy conhece o Homem de Lata, o Espantalho e o Leão. Eles ficam amigos e saem em busca do grande Mágico de Oz para realizarem seus desejos e ajudarem Dorothy a voltar para casa. E, como em todos os contos, neste também há um vilão (ou melhor, vilã): a Bruxa Má, que tenta impedir a volta para casa. A mensagem da história, aliás, é esta: não existe lugar melhor que nossa casa.

O musical tem os diálogos e as músicas totalmente cantadas em português, além de muitos efeitos especiais e de iluminação. Um exemplo é o vento produzido por ventiladores super potentes, que fazem os espectadores das poltronas mais próximas ao palco se sentirem como a menina Dorothy dentro de um furacão. O espetáculo tem ainda recursos de gelo seco e equipamentos que fazem a platéia ter a sensação de explosões e cheiro das papoulas da floresta.

Em mais uma produção local da M21 Comunicação & Eventos, o “Mágico de Oz”, de acordo com o publicitário Marco Lessa, também terá uma sessão gratuita especialmente destinada a crianças carentes, autoridades e parceiros comerciais do projeto. A idéia faz parte do projeto criado pela agência desde o ano passado, quando a empresa adotou e passou a coordenar projetos sociais voltados para creches e entidades filantrópicas do município. A sessão está confirmada para acontecer no dia 15 de setembro, às 20 horas.

Por: Maurício Maron
05.09.11

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RECUPERAÇÃO DA MATA ATLÂNTICA EM LIVRO

DOIS POEMAS DO NATAL DE JOSELITO DOS REIS

PRODUÇÃO AUDIOVISUAL É TEMA DE NOVO LIVRO DA EDITUS