Mostras artísticas e intercâmbio cultural marcaram estreia do FAEG-Sul Itinerante em Itapé



O projeto incentiva o compartilhamento de conhecimentos sobre empreendedorismo, economia criativa e o trabalho em rede entre os agentes culturais, empreendedores e gestores, no Território Litoral Sul.

Artistas locais e dirigentes de municípios da região participaram da abertura do projeto itinerante do Fórum de Agentes, Empreendedores e Gestores Culturais do Território Litoral Sul (FAEG-Sul), na última quinta-feira, 9, em Itapé. O projeto foi recebido com entusiasmo pela população local, que participou das atividades e oficinas de capacitação (Contação de Histórias e Sistema Municipal de Cultural) realizadas no Clube da Melhor Idade e Câmara Municipal de Vereadores.


A Prefeitura de Itapé, que apoiou integralmente o projeto, foi representada pelo vice-prefeito, Júnior Borges, secretária da Educação, Luzinete Miranda e diretora da Cultura, Gidalva Evangelista (Índia Evan). Júnior Borges disse que a gestão está empenhada no resgate da cultura local e Luzinete Miranda enfatizou o redirecionamento das políticas públicas para apoiar e ampliar o processo criativo da população. “Além disso, nossa adesão a este fórum será fundamental para o intercâmbio de ações com outros municípios e para ampliar o alcance da produção dos nossos artistas”, completou Índia Evan.

Participaram da mostra realizada no Clube da Melhor Idade, o artista Paulo Batista, grupos de dança Revele e Blasdboydance  e de capoeira Raízes do Cabula (Gabriel Sodré), escritor Roque Mendonça falando sobre a história do município e o atleta Eli Barbosa, incentivador do esporte na cidade. E ainda os artesãos Lu e Du (Itapé) e Mestre Janete Lainha (Ilhéus). A programação contou com apresentação da Art Music, dupla musical formada por Eber Bid e Joabes Chagas. O cerimonial foi conduzido pela atriz, produtora cultural e proponente do projeto, Eva Lima.

Integração territorial
Presentes na abertura do FAEG-Sul Itinerante, dirigentes culturais dos municípios de Itajuípe, Canavieiras, Santa Luzia, Barro Preto, Itapitanga, Uruçuca, Itabuna e Ilhéus; secretário executivo da Associação dos Municípios do Sul da Bahia (Amurc), Luciano Veiga e a gerente de Integração Social da Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Flávia Alessandra de Sousa. A população acompanhou também palestras articuladas pelo presidente do FAEG-Sul, Victor Aziz, coordenador do Centro de Cultura Adonias Filho, Claudio Lyrio e o presidente da Câmara Temática da Cultura no Território Litoral Sul da Bahia, Lula Dantas.
Santa Luzia será o próximo município contemplado pelo FAEG-Sul Itinerante, no dia 20 de abril, com oficinas de formação artístico-cultural e atividades artísticas. Em seguida, Itapitanga (11 de maio), Mascote (8 de junho), Almadina (13 de julho), São José da Vitória (10 de agosto), Maraú (14 de setembro), Pau Brasil (19 de outubro), Jussari (9 de novembro) e Itajú do Colônia (14 de dezembro). O projeto é financiado pelo Governo do Estado, (Edital Nº 24/Territórios Culturais), por meio do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Professor João Cordeiro de Andrade homenageado pela FTC/Itabuna

Faeg vence edital para semear cultura pelo sul da Bahia

RECUPERAÇÃO DA MATA ATLÂNTICA EM LIVRO