Prêmio Caymmi de Música entrega troféus e revela os ganhadores em 21 categorias

A noite desta quinta-feira (30), dia em que Dorival Cammy completaria 101 de vida, foi de festa, celebração e muita emoção, no Teatro Castro Alves. Mais de 1500 convidados puderam conferir de perto o anúncio dos grandes vencedores nas categorias Show, Videoclipe e Música (Canção e Instrumental) do Prêmio Caymmi de Música. Inspirado no Troféu Caymmi, o Prêmio Caymmi de Música é uma realização da Via Press Comunicação e Eventos e nasceu do desejo da família Caymmi como forma de homenagear o centenário do seu patriarca.
A noite começou inspirada, ao som da Letieres Leite & Orkestra Rumpilezz tocando "Noite Temporal" do mestre Dorival, e durante todo o evento ainda tocou "Canto de Nanã", "O Vento" e "Acalanto" que contou com a participação de Vírginia Rodrigues. Quem também subiu ao palco para homenagear Caymmi, foram as musas Jussara Silveira, Claudia Cunha, Julia Tazie e Matildes Charles, que, acompanhadas por Alexandre Leão, Marquinhos Lobo e Isaías Rabelo, apresentaram o número que reuniu trechos de algumas canções com nome de mulher que Dorival compôs.
O grupo percussivo Quabales se juntou ao inglês Stomp em uma apresentação empolgante com a base remixada das canções "É Doce Morrer no Mar"  e "Dois de Fevereiro". Nesse momento o palco se transformou em uma grande Festa de Largo para receber a voz marcante de Margareth Menezes acompanhada dos bailarinos do Balé Folclórico da Bahia. A cantora interpretou a canção "Buda Nagô", de Gilberto Gil.
Aplaudido de pé, Dori Caymmi foi um dos momentos mais esperados da noite. O cantor deixou o público emocionado, não só com sua voz, mas com ao falar da saudade que sente do seu pai. A Banda de Boca também mostrou que é Caymmi. O grupo vocal fez uma linda performance das canções  " São Salvador" e "Saudade da Bahia". E, para fechar com chave de outro a noite, os cantores Gerônimo, Fábio Cascadura e Lazzo apresentaram um pout-pourri das canções "Eu cheguei lá", "A vizinha quando passa", "Acontece que eu sou baiano" , "Samba sa minha terra" e "Adalgisa".
O espetáculo foi comandado brilhantemente por Jackson Costa, que assumiu o papel de mestre de cerimônia. A direção artística foi assinada por Andrezão Simões e a direção geral por Elaine Hazin. O projeto conta com patrocínio da GVT, Prefeitura Municipal de Salvador e Governo do Estado, através da lei de incentivo estadual FazCultura, e apoio do Shopping da Bahia, TVE e Rede Bahia. 

No total de inscritos, foram 149 em Música, 101 em Show e 48 videoclipes, revelando a força da nova música da Bahia. Confira os ganhadores no arquivo em anexo! 

Por  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Professor João Cordeiro de Andrade homenageado pela FTC/Itabuna

Faeg vence edital para semear cultura pelo sul da Bahia

RECUPERAÇÃO DA MATA ATLÂNTICA EM LIVRO