DOIS POEMAS RECENTES DE JOSELITO DOS REIS

Sonho Real

                        A alguém que amo

Teus olhos cheios de lágrimas
Fitaram-me trazendo incertezas, amor e dor...

Como um encanto de um arco-íris no infinito
Senti-me em teus braços
E num abraços em laço nos beijamos!

Teus olhos verdes e multicores
Sorriram chorando me hipnotizando de paixão
Nossos corpos tremerem de prazer
E feliz para sempre me senti naquele momento...

Acordei!...
Lamentei
E chorei de tristeza e dor
Foi apenas um sonho!
Uma utopia
Uma ilusão...
Uma fantasia
Como os versos desta poesia

Na força da minha mente tentando
Substituir uma realidade que nunca vem...

E para sempre na solidão
Carregarei em silencio
Este segredo
Deste amor, desta paixão!
Em meu coração

Porque tu jamais notarás
De que um dia nasci para te amar.

O Poeta

Carrego dentro de mim
Um grito sufocado, contido.
De injustiça, tristeza e dor...

Que um dia ecoará
Em todo lugar!
Seja na terra, seja no mar.

Porque existe também em mim
Uma força impossível
Um sonhar, um amar...

Que um dia se libertará
Para no universo explodir
Voar e brilhar...



Joselito dos Reis

16.10.16

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RECUPERAÇÃO DA MATA ATLÂNTICA EM LIVRO

DOIS POEMAS DO NATAL DE JOSELITO DOS REIS

PRODUÇÃO AUDIOVISUAL É TEMA DE NOVO LIVRO DA EDITUS