RECUPERAÇÃO DA MATA ATLÂNTICA EM LIVRO

ALTERNATIVAS PARA A RECUPERAÇÃO DA MATA ATLÂNTICA EM LIVRO DA EDITUS

Após o descobrimento do Brasil, o país passou por diferentes ciclos econômicos (pau-brasil, cana-de-açúcar, café e pecuária), todos concentrados na faixa litorânea da floresta atlântica. Essa concentração resultou no desmatamento desenfreado desse ecossistema, tendo como justificativa o avanço da economia brasileira e a expansão urbana.
Nesses últimos anos, a destruição ambiental tem se agravado e aberto discussões a nível político, econômico, jurídico e social sobre o futuro da floresta atlântica.  Em virtude disso, o professor Danilo Sette, autor do livro Recuperação Ambiental da Mata Atlântica, publicado pela Editus – Editora da UESC, apresenta propostas que buscam sanar e/ou equilibrar os danos causados pela ação do homem.

De acordo com o professor, já são 516 anos de degradação. Todos os ciclos econômicos brasileiros praticamente se deram na região litorânea e costeira, região de domínio dessa floresta. O sistema de ocupação territorial brasileiro, da colonização até os dias atuais, foi responsável pela destruição desta vegetação.
Sette destaca, no livro, que a solução seria um programa intenso de recuperação ambiental deste espaço, iniciando pela restauração ecológica de todas as matas ciliares e nascentes (consideradas áreas de preservação permanente), podendo assim restaurar simultaneamente a floresta e os recursos hídricos, ajudando no combate da crise atual pela qual passamos generalizada em todo domínio da mata atlântica.
Em um segundo momento, seria a restauração de áreas degradadas procurando ampliar o espaço florestal e interligar os remanescentes de mata atlântica, de forma a aumentar o limite atual (cerca de 10% de área remanescente) para pelo menos 25% da área de domínio original ocupada novamente por floresta atlântica.

Se interessou por este título? A publicação já está disponível na Livraria da Editus, localizada no Centro de Artes e Cultura Paulo Souto, na UESC. Na internet, o leitor pode encontrar essas e outras publicações nos sites www.livrariacultura.com.br e www.bookpartners.com.br. Pedidos também podem ser feitos pelo email vendas.editus@uesc.br ou pelo telefone (73) 3680-5240. Acompanhe todas as novidades da Editora no site www.uesc.br/editora ou pelo Facebook @editoradauesc.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Professor João Cordeiro de Andrade homenageado pela FTC/Itabuna

Faeg vence edital para semear cultura pelo sul da Bahia