Glória Brandão Parabeniza os Poetas Nesse 20 de Outubro









Mas, o que significa ser Poeta?

Ser POETA é ter a alma liberta
Voar nas asas das palavras como pássaros
Ser fiel a inspiração e seguir bordando a sua meta
Na arte de fazer versos, nós, POETAS, não podemos ser avaros.

Tecer versos cingidos na angústia e na dor
Banhá-los no lago das lágrimas dolorosas
Circundando a poesia com o mais puro AMOR
Aspirando nas rimas futuras horas venturosas.
Ser POETA é derramar alegria por todo lugar:
Na vida dos filhos, dos amigos, de quem amamos...
Perdoar, abraçar e ser mistério como é o mar
O mistério do renascer todas as manhãs e seguir louvando.


Ser POETA é temperar a vida com jubilo e calor
Cantar em versos a sublime canção da natureza
Mostrando em cada estrofe o seu nobre valor
Em prece pedir aos homens e a Deus que a proteja.

Ser POETA é cantar, dançar, sonhar e amar
Amar com toda a força do coração
Pintando telas de poemas e vendo a vida passar
Ao balanço do vento, fazendo versos perfumados de emoção.

Ser POETA é saber brilhar na vida de alguém
E ser flor de terna formosura e perfumar por tempo inexaurível
É fazer da despedida uma saudade que vá além...
Lá, ao longe, onde os versos chegam sem avião, navio ou automóvel.

Ser POETA é ter versos em forma de pinceis
E fazer poemas para os políticos, para os sofridos, para o amor
E cantar a poesia em prosa, versos, cirandas e cordéis
Como agora faz essa humilde poetisa, mostrando do POESIA os seus lauréis.

Ser POETA é mostrar em versos a POESIA que Deus criou
As flores, os regatos, o ocaso, o céu, as estrelas, a lua, o mar...
A natureza que agora grita e se rebela perante os atos insanos
Ser POETA é morrer e viver todos os dias conjugando o verbo AMAR.

Ser POETA é saber que tudo passa e está passando...
Nessa hora já alta e silente, essa poetisa que vos verseja
Diz que nesse mundo o que mais deseja é que todos sigam amando
Assim, findando esse poema, a Paz e o Amor é o que ela almeja.


Poema da Poetisa Glória Brandão


Hoje, dia mundial dos poetas, faço esse poema em homenagem aos POETAS de todo o Universo, aos Poetas do meu Brasil, aos Poetas de Itabuna, aos Poetas que estão em outra dimensão e que são imortais, visto que a alma do poeta não morre jamais, perdura por um todo e sempre, ofereço ao NOSSO POETA MAIOR: DEUS!
Abraços e meus votos de belos versos a TODOS OS POETAS DO CLUBE DO POETA SUL DA BAHIA! PARABÉNS PARA NÓS POETAS e POETISAS de hoje e de sempre... Eternamente.
Ass. Glória Brandão

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Professor João Cordeiro de Andrade homenageado pela FTC/Itabuna

Faeg vence edital para semear cultura pelo sul da Bahia

RECUPERAÇÃO DA MATA ATLÂNTICA EM LIVRO