Grupo de Teatro da PM estreia peça que alerta sobre perigos do uso de drogas



Utilizando a arte como instrumento de conscientização e cidadania, o Grupo de Teatro do PM estreou a peça ‘Sai Dessa!’, nesta segunda-feira (31), no auditório da Secretaria de Segurança Pública (SSP), no Centro Administrativo da Bahia (CAB). A montagem é executada por policiais militares e leva informações sobre o malefício do uso de drogas para crianças e adolescentes de bairros atendidos por bases comunitárias de segurança (BCS) implantadas da capital baiana.

 O espetáculo conta a história de Ana Paula, uma garota de 17 anos, que é estimulada pelo amigo Lucas a experimentar drogas e mostra as consequências do vício, bem como o impacto nas relações com amigos, familiares e no desempenho escolar. ‘Sai Dessa!’ segue em cartaz até o dia 31 de outubro. “Vamos nos apresentar em escolas públicas e privadas, centros religiosos, associações de bairros de forma gratuita, queremos levar esta mensagem do bem para as pessoas”, afirma o coordenador do grupo de teatro, capitão Elton Santana.


 O Grupo de Teatro da Polícia Militar da Bahia foi criado em 1998 com objetivo de aproximar a polícia da comunidade através da arte, como explica o capitão Elton. “Nosso grupo trabalha em cima da tesa de que a arte tem um poder transformador. Nessa peça nós fazemos uma discussão em torno da temática das drogas para orientar e informar os jovens de nossas comunidades sobre o impacto terrível que as drogas têm para a sociedade e para as famílias”.

 Para a professora Cecília Veloso, acompanhando um grupo de estudantes de uma escola municipal, a peça ensina os jovens de uma forma lúdica. “Isso é importante, a forma leve como os temas são abordados ajuda para que as crianças absorvam o conteúdo e, mais que isso, entendendo de forma consciente que o mundo das drogas é negativo e faz muito mal”. A pequena Vitória Azevedo, de oito anos, aprovou o que viu. “Eu gostei muito. Aprendi que as drogas fazem muito mal para as pessoas”.

 Além dos jovens, a estreia foi acompanhada pelo secretário da SSP, Maurício Barbosa, outras autoridades e artistas. O cantor Lenny aprovou a iniciativa. “A policia junto com o cidadão não tem combinação melhor. A nossa PM tem feito muitos projetos sociais e isso é louvável. Eu acho que é uma ideia muito boa, além de levar arte para as comunidades, a ajuda a conscientizar jovens e crianças. A gente fica muito feliz com projetos como esse”, afirma.


Arte nas comunidades

Com 19 anos de atividades, o grupo de Teatro da PM tem como principal objetivo funcionar como instrumento de prevenção e conscientização, utilizando a arte como ferramenta de inclusão. Atualmente, compõem a iniciativa 22 policiais militares que, além de exercerem funções operacionais, desenvolvem um trabalho pedagógico-artístico-cultural. Maiores Informações podem ser encontradas na rede social do grupo. (https://pt-br.facebook.com/TeatrodaPmBa)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RECUPERAÇÃO DA MATA ATLÂNTICA EM LIVRO

DOIS POEMAS DO NATAL DE JOSELITO DOS REIS

PRODUÇÃO AUDIOVISUAL É TEMA DE NOVO LIVRO DA EDITUS