Sintonia

Uma cidade sem poesia
É como uma criança sem sorriso
É como um poeta sem inspiração
É como uma flor sem perfume
É como uma cachoeira sem corredeira

Uma cidade sem poesia
É como um pássaro sem cantar
É como um Rio sem água
É como um sentimento sem amor
É como uma lágrima sem choro
Só Arranha-céus
Asfalto, solo e cimento.
Não tem alma!
Não traz a felicidade de ninguém
Por isso junte essas peças
E colha um jardim em flor!

Clube do Poeta Sul da Bahia
A diretoria
Ao centenário de Itabuna
Texto: Joselito dos Reis

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RECUPERAÇÃO DA MATA ATLÂNTICA EM LIVRO

DOIS POEMAS DO NATAL DE JOSELITO DOS REIS

PRODUÇÃO AUDIOVISUAL É TEMA DE NOVO LIVRO DA EDITUS