Autores regionais lançam livros
no “Bahia de Todas as Letras”

Além da palestra proferida por Ildásio Tavares, PHD em literatura portuguesa, pela Universidade de Lisboa, que falou sobre "Sonoridade e o cromatismo em Sosígenes Costa", seguido de debates, a literatura do sul da Bahia ganhou espaço privilegiado para debates com o projeto Bahia de Todas as Letras e também lançamento de autores regionais. Promovido pelas editoras Via Litterarum e Editus, em parceria com a Fundação Cultural de Ilhéus, o evento aconteceu nesta quarta-feira (2) no Teatro Municipal, dirigido a estudantes, professores de escolas públicas e particulares e amantes de literatura.

O presidente da Fundação Cultural, Maurício Corso, destacou a importância da promoção de diálogos sobre a literatura, “não só através da leitura de grandes clássicos, mas com a inclusão de títulos da literatura regional no conteúdo programático das disciplinas afins e com a intensificação desses temas e de sua inserção em nosso cotidiano”. Houve ainda a entrega dos prêmios da quarta edição do Baía de Todas as Letras e o lançamento da quinta edição.

Após a abertura, aconteceu uma série de atividades, a exemplo da palestra da mestre em estudos linguísticos pela UFMG, Glória de Fátima Lima, que falou sobre “Marras histórias: ação mediadora nas práticas leitoras”, seguida de Neila Brasil Bruno, mestranda em letras, linguagens e representações pela Uesc, que abordou sobre “Lobato e o leitor”.

O público infantil também foi contemplado com a peça teatral “As aventuras de João e Maria”. O espetáculo é baseado na obra infanto-juvenil de Pawlo Cidade, que lançou mais quatro livros editados pela Via Litterarum: “Mistério na lama negra”, “A batalha dos nadadores”, “O caminho de volta” e “As aventuras de João e Maria”.

Na programação constaram apresentações dramatizadas extraídas de trechos do poema “Iararana”, de Sosígenes Costa, pelo ator José Adelmo e debates sobre “O romance baiano no século XX”, mediado pelo professor Jorge de Souza Araújo, doutor em letras vernáculas (literatura brasileira) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.

A edição 2010 do projeto foi encerrada com homenagem a Ildásio Tavares, pelo Grupo Teatro Total, entrega do IV Prêmio Literário Baía de Todas as Letras e lançamentos de vários livros publicados pelas editoras Editus e Via Litterarum. Também comporam a mesa na abertura os representantes da editoras Via Litterarum, Agenor Gasparetto e Editus-Uesc, Baísa Nora.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RECUPERAÇÃO DA MATA ATLÂNTICA EM LIVRO

DOIS POEMAS DO NATAL DE JOSELITO DOS REIS

PRODUÇÃO AUDIOVISUAL É TEMA DE NOVO LIVRO DA EDITUS